0015.2 creed pt2

#15.2 – Creed: Abraçando o legado

cp0015.2 creed pt2

Hoje eu quero concluir nossa reflexão em cima do filme Creed que começamos a comentar na última coluna. Como vimos, Rocky explica para Adonis que o pior inimigo que ele possui é ele mesmo. Nossa reflexão começou comparando essa cena ao que Paulo nos diz acerca da natureza pecaminosa que habita cada ser humano. E como vimos, o apóstolo brada em desespero pedindo uma solução para sua condição. Mas antes de concluir a resposta de Paulo para sua própria condição, quero chamar atenção para a segunda situação do filme.

Adonis carrega um grande medo de assumir o sobrenome de seu pai e acabar decepcionando todo mundo. Se ele perder as lutas, manchará o legado do nome Creed. Por isso, ele luta constantemente e treina tão arduamente para criar o seu próprio legado. Mas a tensão de errar e não ser bom o suficiente o atormenta a todo o instante, já que perder será uma grande decepção para todos aqueles que conhecem o nome Creed e esperam tanto dele.

Sua namorada Bianca pergunta a ele, “Do que você tem medo?”

Adonis responde, “Tenho medo de assumir o nome e perder. Eles me chamarão de fraude”.

Em outra cena, Rocky questiona, “Você ainda está preso nessa sombra”.

O grande problema de nós seres caídos, é que não aceitamos o fato de Cristo já ter construído um legado de vitória por nós. Queremos escrever nossa própria história, construir nosso próprio legado, e nessa busca solitária por perfeição, somos assombrados pela tensão do erro.

Felizmente, a própria conclusão de Paulo lança uma luz sobre esse dilema de Adonis. O apóstolo encerra o capítulo 7 de Romanos dizendo, “Graças a Deus por Cristo Jesus”. Para ele, sua situação nunca será vencida sozinho, mas existe alguém que já travou essa luta e venceu, e ele está disposto a lutar por nós.

Na continuação da cena, Bianca fala para Adonis, “Você é o filho de Apollo Creed, por tanto, use o nome, ele é seu.” Nessa frase, creio que se resume o grande apelo do Evangelho. Cristo venceu o pecado e estabeleceu um legado que nos dá condição de sermos chamados Filhos de Deus. O nome é nosso para usarmos.

E a Bíblia ainda vai dizer, “Nenhuma condenação existe para aqueles que estão em Cristo Jesus”, ou seja, se carregamos o seu nome, se tomamos parte em seu legado, nossa vitória já está garantida. Podemos até cair na lona de vez em quando, mas no fim das contas, o registro que conta é o dele. E ele sempre vence por nocaute.

1 comentário em “#15.2 – Creed: Abraçando o legadoAdicione o seu →

Deixe uma resposta