0018 24h

#18 – 24h: uma única concessão

Um dos programas mais famosos de televisão da última década, sem dúvida é o seriado 24 horas. Em seu enredo, vemos o agente especial Jack Bauer, interpretado por Kiefer Sutherland, da Unidade Anti-Terrorista de Los Angeles. As temporadas da série se dividem em 24 episódios, cada um representando 1 hora em tempo real.

 Logo na primeira temporada, Bauer já enfrenta um grande desafio. Ele possui menos de um dia para impedir o assassinato de um candidato a presidência dos Estados Unidos. Logo no episódio de abertura, começamos a ter a noção do caráter de Bauer. Jack tem uma conversa com uma colega de trabalho, a agente Nina Myers, enquanto detém seu próprio superior para um interrogatório onde pensa poder extrair informações preciosas sobre a possível atividade terrorista.

Ele sabe que pode ir para a cadeia por causa dessa ação, mas também sabe que o que está fazendo é o correto. Nina apela para que Jack apenas “faça vista grossa”, para que sua família não fique sozinha por ele ter que ir pra prisão. É então que Jack responde a Nina:

– Nina, você pode fazer vista grossa uma vez e não há nada demais nisso. Exceto que torna muito mais fácil fazer concessões nas próximas vezes e logo tudo o que você faz é abrir concessões, pois é assim que você acha que as coisas são feitas. Sabe aqueles agentes que eu denunciei à corregedoria? Você acha que eles eram pessoas más? Pois não eram. Eles não eram maus. Eles eram como você e eu… só que eles abriram concessão uma única vez.

De acordo com Jack, o que o separava dos homens que ele havia mandado para a prisão, era o simples fato de que eles haviam comprometido seu caráter uma única vez, e isso havia aberto uma avenida de más decisões.

Você concorda com Jack? Abrir concessão uma única vez abre caminho para se comprometer novamente? Bem, é o que Tiago parece afirmar quando escreve: Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte. Meus amados irmãos, não se deixem enganar.” Tiago 1:14-16

Tiago termina falando de morte como consequência, mas tudo começa com fazer uma concessão à nossa própria tentação. Pense bem, quais são aquelas pequenas coisas que você finge que não são nada, mas podem virar uma bola de neve e acabar em dor e destruição?

Lembre-se, pequenos sucessos e pequenos erros são o primeiro passo para maiores sucessos ou maiores erros, mas Deus nos dá poder para manter nossos olhos fixos nele, e resistimos à tentação do primeiro passo.

1 comentário em “#18 – 24h: uma única concessãoAdicione o seu →

Deixe uma resposta