0026 origem

#26 – A Origem: além da superfície

cp0026 origem

Imagine um mundo onde é possível entrar na mente humana e explorar segredos valiosos do inconsciente, durante o estado de sono. É nesse mundo que Cobb, interpretado por Leonardo diCaprio, é um habilidoso ladrão de segredos, contratado para diversas missões no inconsciente de pessoas poderosas e influentes.

Em sua carreira, porém, ele acaba se envolvendo em diversos problemas onde sua esposa perde a vida, e seus filhos são levados. Para recebê-los de volta, ele aceita a ousada missão de entrar na mente de um herdeiro de um império econômico, e ao invés de roubar uma ideia, ele precisa plantar outra que fará o herdeiro arruinar o poderio econômico desse império. Para realizar este feito inédito, ele conta com a ajuda de seus parceiros para seguir em sua jornada pela terra dos sonhos.

O universo criado em cada mente em que eles viajam, é incrivelmente profundo e complexo, e é também possível se adentrar cada vez mais em camadas de sonhos mais profundas. Quanto mais fundo eles entram no subconsciente, mas complexo se torna qualquer ação.

Tomando toda essa lógica como uma metáfora, pare para pensar comigo. Pense em na quantidade de informação a que estamos expostos todos os dias. Dezenas e centenas de cartazes, outdoors, placas, comerciais e programas de tv, rádio, jornal, sem falar na inesgotável internet. Com tanta abundância de informação, qual foi a última vez que você se aprofundou em algo?

Quando eu digo, aprofundar-se, eu quero dizer procurar saber mais sobre algo, não ficar na superficialidade daquela informação. Se considerarmos o volume dessas informações, creio que podemos concordar que é impossível ir a fundo em todas as questões. Inclusive, já existem doenças catalogadas que estão relacionadas à ansiedade que uma mente pode desenvolver por achar que está perdendo alguma informação. Não pode desligar sua tv ou rádio, não pode se desconectar do facebook, porque no instante em que o fizer, perderá algo importante.

É claro que não podemos nos aprofundar em tudo, e é por isso que devemos ter cuidado com as decisões que tomamos e as informações que compartilhamos. Você já compartilhou em seu twitter ou facebook algo que alguém te encaminhou, sem ao menos pesquisar para ver se essa informação era verdadeira? É muito comum as pessoas citarem pesquisas e colocarem o nome de uma universidade famosa, ou um texto assinado por alguém conhecido, para validar uma falsa informação.

É preciso muito critério para digerimos as informações que consumimos, pois não sabemos de todas as coisas, pelo contrário, Isaac Newton já dizia que: “O que conhecemos é uma gota, e o que ignoramos é um oceano”.

Portanto, eu encerro a coluna de hoje fazendo um convite a você. Desenvolva a habilidade de saber filtrar o que é preciso filtrar, e se aprofundar no que é preciso se aprofundar. Seja no seu lazer, no seu trabalho, em suas relações sociais, familiares e também na sua religião.

1 comentário em “#26 – A Origem: além da superfícieAdicione o seu →

Deixe uma resposta