0028 carruage

#28 – Carruagem de Fogo: identidade em Deus

O filme Carruagem de Fogo de 1981, conta a história verdadeira de dois homens que estão treinando para correr nas Olimpíadas de 1924. Ambos são excelentes corredores, mas eles correm por razões diferentes.

Eric Liddel é motivado por sua fé cristã. Ela permeia tudo o que ele faz. Ele acredita que o poder para correr e terminar a corrida vem de um íntimo comprometimento com Deus. De fato, em certo momento do filme ele diz, “Quando eu corro, eu sinto o prazer de Deus”.

Já Harold Abrahams corre por uma razão diferente. Como Judeu, ele é motivado por um desejo de provar que não pertence a uma raça inferiora de pessoas, uma crença que era muito comum entre várias pessoas na época que o filme retrata. Ele sente que será aceito pelo mundo, mas somente se ganhar. Uma das principais frases que ele diz no filme é, “Quando eu corro, eu tenho 10 segundos para justificar minha existência.”

Quanta diferença, não é mesmo? Um corre pelo prazer de usar um dom que Deus lhe deu. Ele encontra toda sua realização e identidade em Deus, e desfruta desse sentimento. Já o outro, busca sua identidade em suas próprias realizações, e por causa disso, não possui prazer no que faz, apenas pressão.

Mais tarde no filme, durante as Olimpíadas, Eric decide que não irá participar de uma das provas em que ele está qualificado, pois a corrida será em um Domingo, que para ele é seu dia de descanso e adoração a Deus e não pode ser comprometido.

O príncipe de Gales, seu país natal, e o comitê olímpico se encontram com Eric para convencê-lo a deixar de lado suas crenças apenas por essa única prova. Mas ele rejeita o pedido deles e nega a sugestão de que está sendo desleal ao seu rei e seu país. Apesar da tremenda pressão, Eric permanece firme em sua decisão de descansar em Deus.

Que grande história e bela lição para nós. Talvez alguns pensem que não tem problema algum em participar de uma corrida em um dia considerado sagrado, especialmente nos dias de hoje. Mas para Eric, era algo muito importante e ele estava determinado a se posicionar. Esse é o princípio que nós precisamos aprender.

Assim como Eric, temos que possuir um comprometimento tão grande com Cristo a ponto de estamos dispostos a obedecê-lo a qualquer custo, e a descansar nele para não esquecermos que apesar de nossos esforços, nossa identidade se encontra na soberania dele.

Nas palavras do próprio Cristo em Lucas 21:19, “É perseverando que vocês obterão a vida.”

1 comentário em “#28 – Carruagem de Fogo: identidade em DeusAdicione o seu →

Deixe uma resposta