0030 amnesia

#30 – Amnésia: crise de identidade

No filme Amnésia, um ladrão ataca Leonard Shelby e sua esposa. Infelizmente sua esposa morre, mas mesmo sobrevivendo Leonard adquire um trauma neurológico que o impede de gravar na memória fatos recentes, o que faz com que ele esqueça por completo algo que acontece poucos instantes antes.

Para lidar com esse problema, Leonard cria um sistema de anotações, fotos e tatuagens para relembrá-lo das pistas de sua investigação particular acerca do assassino de sua esposa.

O problema é que alguns supostos amigos de Leonard, cientes de sua condição, lhe contam mentiras e dão falsas pistas para manipulá-lo e tirarem proveito dele.

Em um determinado diálogo com Teddy, um amigo vigarista, Leonard é questionado: “Você já não sabe mais quem é, sabe?” “Claro que sei”,  responde. “Sou Leonard Shelby. Sou de São Francisco.” Teddy retruca: “Não, esse aí é quem você era. Talvez seja hora de começar a investigar a si mesmo.”

Após esse diálogo, Leonard encontra várias revelações a respeito de si mesmo que o fazem questionar sua identidade, criando uma crise em sua mente. O que leva ao final do filme com um final chocante.

É interessante notar que desde a criação da raça humana de acordo com o relato bíblico em Gênesis 1 e 2, nossa identidade já estava estabelecida. O Deus Criador disse: “Vamos fazer a raça humana à nossa imagem e semelhança.” E assim o fez. Mas quando observamos a entrada do pecado no mundo, notamos que isso só ocorreu porque o ser humano teve uma crise de identidade. A serpente diz a Eva que se ela comesse do fruto proibido, se tornaria como Deus, e ela se esqueceu que já era como Deus, e comeu do fruto.

Mas a grande beleza da história da redenção, é que onde o ser humano caiu, Cristo retomou e triunfou. Quando observamos o início do ministério de Jesus, notamos que em seu batismo, a voz de Deus ecoa do céu dizendo: “Este é o meu filho amado.” O Pai reafirma a identidade do Filho.

Mas em sequência, Jesus vai até o deserto para ser tentado, e as primeiras palavras que saem da boca do Diabo são: “Se tu és o Filho de Deus…”. Cristo é tentado a duvidar de quem era, e assim como Eva, entrar em uma crise de identidade que encerraria nossas chances de redenção. Mas Jesus sabia quem ele era, e buscando o tempo todo a referência de seu Pai, ele consegue concluir seu ministério e garantir a restauração da nossa identidade.

Talvez você tenha esquecido quem você é, e a dúvida te deixou em crise. Se isso está acontecendo, volte-se para a Bíblia. Olhe para Deus e escute sua voz dizendo: “Você é o meu filho amado, você é a minha imagem e semelhança”.

1 comentário em “#30 – Amnésia: crise de identidadeAdicione o seu →

Deixe uma resposta